quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Lugar fantástico.

Lugar fantástico.

André Francisco Gil.
25/02/14.

Qualquer um pode lançar também um pensamento,basta ter discernimento,ousadia e conhecimento.Penso no que tenho.Pensei no que tive.Penso que fui uma criatura noturna.Nada em nós,nem a sapiência.O saber não pas-
sa de pequenas colagens.Nós ainda somos pequenos diante desse gigantes da mídia.

Não escolha nunca aquilo que custará sua vida.A primeira escolha tem que ser acertada para que não crie problemas futuros.Nisto,francamente,eu acredito.Quem fica aqui já é o bastante,já é o suficiente,já é o maximus.

Amanhã uma geração de pessoas boas rumarão em busca da terra canaânica ou prometida.Eu sou só uma criatura engraçada.Eu sou um tal de fauno.Em meu mundo estão as curiosas rocas.Galápagas ilhas estranhas.

Subestimo o inimigo com minhas risadinhas debochantes.Veja,sou um grande ser.Assim permita-me dizer minha lista de lugares estranhos.Lugarejos estes pertencentes a diversas tribos e etnias,inacreditáveis e curiosíssimas.

Sabemos ridicularizar o que nos parece ser fora do padrão de normalidade.Seres de pedra por exemplo são uma grande gozação.Depois meu amigo,qual o melhor da vida nesse corpo empedrado?Neste corpo está o árido dos sentimentos,a secura.E neste mundo de arquipélagos incríveis estão lugares fantásticos.

Cara eu tenho uma casa no meio do nada.Não penso em vendê-la.Não dependo de nada,só preciso de amor.Neste mundo incrível em que perambulo com lagoas belíssimas e lugares encantadores,ainda não encontrei aquela que seria minha amada.Será que o feminino de fauno não é fauna?