terça-feira, 18 de março de 2014

Narrativa grandiosa

André Francisco Gil.
18/03/14.

I

Término da jornada:encarar o desafio dos recortes.
deito-me nesse todo e me torno um estacionário
brevis de suspense entregue ao pensador romântico
divergente espancamento no morro acostumado com as dores
fascinação do soldado infiltrado em um microcosmos
roteiro de medo,brincadeira de horror não planejada
adormeço na estação absoluta do desapego e me desamarro
celebrando o ficcional e o surreal diálogo de um galanteador
missa na Babilônia,limite da escravidão de um cafajeste
no submundo descobriu a costura e se inspirou num rosto
a tragédia do cavaleiro desafia a fantasia de quem está morrendo
ciclo das manifestações intensas e interessantes a que somos submetidos
excêntrico pároco dos contrapontos e dos desafios
alteração do drama e o apagar do fogo na visão do controverso
agora perigoso porão dos escolhidos ao cárcere
rixa de um espadachim que explica o desprendimento do relacionamento
modifica o universo humano e marrento do narrador
concluir erótico abismo que se desconstruirá em dores
monarca cafona na pensão da tensão do universo da ruiva
herdou a autonomia da pacificação tempestuosa (tenebrosa)
experiências rápidas com personagem de charuto e cartola
mecânica dos questionamentos,espetáculo das questões
estrondosa sinfonia da invasão vivenciada no temperamento da interventora
não troque as escolhas pelo poder artístico
oficina grandiosa das reflexões complexas e revividas
o jardim da senhora solidão é sombrio

II
complexo morrer com medo no ciclo do fogo
erótica morte com perigo de romantismo
vivenciar a modificação e desprender-se do excêntrico diálogo
mecânica dos amores descobertos nas controvérsias intensas
com autonomia poupa as ruivas de se entregarem aos desafios
herdou a charutaria dos cavaleiros do universo e do suspense
tenebroso desconstrutor dos planos e dos porões do passado
temperamento universal dos relacionamentos sem galanteadores
rumo a jornada da mirra na Babilônia destruída de um louco pároco
revivida e acostumada ao submundo a visão da manifestação
intervenção humana termina em contrapontos e contradições na missa
infiltrados rápidos desafiam o monarca escravizador
grandiosa divergência que altera a totalidade absoluta de seu poder
reflexões espancam roteiros dramáticos e artísticos
fascinação por personagens trágicos e tensos
espetáculo da invasão explicado num rosto surreal de pavor
sinfonia questionada através da espada inspirada na ficção da submissão
oficina das dores e dos horrores sem escolhas
pacificação concluída da fantasia agora pensada e repensada
microcosmos e micronarrativas encaram o desafio dos limites
tempestuoso abismo planejado pelo sinistro
estrondoso questionamento,rixa de costureira que celebra o desinteressante
soldado experiente que recorta a cara cafona do cafajeste

III

questionado o pároco experiente romantiza o espancamento
celebração humana dos brevis planejados pelo artista
sinfonia dos contrapontos na charutaria da morte
excêntrico e rápido o pensamento divergente e intenso
inspirado no rumo a ser tomado pelo universo tenebroso do fogo
surreal encarou a pacificação do horror mecânico
desprendeu-se dos infiltrados e agora grandiosamente se controverte
explicação do microcosmos na oficina da visão
interessante terminar com a herança e os truques complexos de ilusionismo
rosto do narrador entregue as dores indisfarçáveis,manifestadas
vivenciar o desafio concluído nas escolhas e nos amores
questões missionárias dos cavaleiros no coro do medo
temperamento de monarca erótico alterado e alcoólico
diálogo desafia a brincadeira
espetáculo da Babilônia desafiada no toque do submundo
ficcional e marrento o suspense desconstruído num ciclo
universais escravos,mortos ancestrais,poderosos e banais
submetido a jornada autônoma do planejamento revivido
costura sem intervenção o abismo dramático
rixa do galanteador é recortar tempestuosos roteiros
invasão ao laboratório poupa o porão de seus ratos mal-acostumados
estrondoso relacionamento de um soldado em perigo com suas reflexões
modificação do limite da fantasia escolhida e descoberta

IV

celebração dos rumos poupados dos mecanismos desafiadores
perigo interessante no rumo do toque das modificações
rixa na charutaria do suspense na visão dos infiltrados
soldado artístico inspirado nos desafios dos amores erotizados
relacionamentos planejados pelo fogo da Babilônia escolhidos pela monarca
pároco de truques e questões,explicações que insinuam e fantasiam a morte
roteiros de missa maravilhosa na jornada das dores excêntricas
dramático e inspirador o laboratório dos horrores e dos diálogos tensos
romântica sinfonia ficcional descoberta pelos ruivos turcos
excelentes complexidades da missa do Cosmos na escolha de um poderoso
intervenção de cavaleiros em planos surrealistas dos pensamentos
costura com raiva a autonomia de um manifesto rápido
recorte de morte no ciclo da narrativa grandiosa
abismo do medo e invasão pacífica sem intensidade
reflexões num livro subterrâneo sem limite universal
tempestuosas questões submetidas a entrega da controvérsia
espancamento dos contrapontos marrentos na oficina do desprendimento
galanteador de toques desconstrói o rosto agora
questionamento herdou no submundo fantástico de um escravo escavador
herdou do universo o costume de desafiar com brincadeiras seus superiores
revivida,revigorada e renovada encarou as divergências
humana curvatura ruiva num porão vivencia o ritual
estrondo em breve,tenebroso espetáculo concluído por temperamentos...